O seu navegador necessita de suporte Javascript para esta funcionalidade. Museu D. Diogo de Sousa - Epigrafia romana
29 de Maio de 2017
Utilize as teclas de atalho Alt+2 para navegar para a área de pesquisa do sítio web.
Utilize as teclas de atalho Alt+1 para navegar para a área de conteúdos do sítio web.

Epigrafia romana

  • Estela de granito, com o cimo em forma de nicho, com colunas que suportam frontão triangular. Campo epigráfico emoldurado num quadro escavado, com inscrição em onze linhas. No centro da parte superior tem uma roseta de seis braços inscrita num círculo.
    Estela funerária de um legionário
    Entre 75 e 96 d.C.
    Proveniência: Necrópole Via XVII, Largo Carlos Amarante, Braga
  • Estela de granito, truncada na parte superior e inferior e incompleta no lado esquerdo. O campo epigráfico reparte-se em dois painéis, com inscrição em seis e quatro linhas.
    Estela funerária
    Séc. III d.C.
    Proveniência: Necrópole Via XX, Maximinos, Braga
  • Estela de cabeceira semi-circular, de granito, incompleta. Na cabeceira, apresenta rosácea hexapétala em relevo, inserta em círculo insculpido. A inscrição, incompleta, distribui-se em três linhas.
    Estela funerária
    Finais séc. I – início III d.C.
    Proveniência: Necrópole Via Braga-Mérida, Rua dos Granjinhos, Braga
  • Recomende este sítio web