Cipo cilíndrico em granito. O campo epigráfico não foi alisado e a inscrição circunscreve-se a metade da superfície da parte superior da peça. A epígrafe está um pouco esbatida distribuindo-se em linhas regulares, apresentando a primeira mutilações que dificultam a leitura. As letras são bem desenhadas.

Leitura:
TI(berius) · CAE[sar ·] DIVI · AU[G(usti)]
F(ilius) · DIVI · IVLI · NEPOS ·
AVG(ustus) · PONT(ifex) · MAXIMUS ·
IMP(erator) · VIII · CONSVL · V ·
TR(ibunicia) · POTEST(ate) · XXXIIII
BRACARAUG[usta] ·
I

Tradução:
Tibério César Augusto, filho do divino Augusto, neto do divino Júlio, pontífice máximo, imperador pela oitava vez, cônsul pela quinta, e estando investido com o trigésimo terceiro poder tribunício mandou construir a milha I desta via contando desde Braga.

Dimensões: Alt. 241 cm / Diâm. 63 cm
Inv. Nº 1992.0642
Localização: Sala 4 - Vias - Miliário 3