O original, em exposição no Museu D. Diogo de Sousa, é de produção local, em cerâmica cinzenta fina, data do século I - II e é proveniente de Braga.

Peça executada de forma artesanal, em barro, pelo oleiro João Lourenço.